Acupuntura para Ansiedade

Acupuntura para Ansiedade

O Instituto Aurazen possui o tratamento de Acupuntura para Ansiedade, para isso utilizamos a acupuntura tradicional chinesa, sendo uma forma natural de tratamento. Hoje adequamos nosso espaço e toda a nossa equipe, para atender uma demanda crescente de pessoas que buscam serviços de bem-estar e qualidade de vida. Com o tratamento de acupuntura para ansiedade, ajudamos você, a se recuperar de uma forma mais rápida possível.

Registro CRTO 3274 no SATOESP - Sindicato dos Acupunturistas e Terapeutas Orientais do Estado de São Paulo

Localizados na Vila Mariana, ao lado do Metrô Vila Mariana (150 metros), oferecemos um ambiente amplo com sala para tratamentos com acupuntura para ansiedade, ventosaterapia e moxabustão.

NOVO ENDEREÇO : Avenida Paulista, 2073 - Conjunto Nacional - ao lado do metrô Consolação.

Acupuntura para Ansiedade como tratamento

O shen, de que falamos, é um termo genérico para todas as atividades vitais do corpo humano, entre as quais o ânimo, o pensamento, as atividades intelectuais, ou seja, as atividades mentais. Esse corpo íntegro, que reúne o shen e a forma, pode oferecer uma boa saúde e a felicidade na vida, caso seja coordenado e unificado com o complicado ambiente externo. Sem dúvida, qualquer dano e lesão ou excessivo estímulo emocional pode prejudicar a saúde tanto corporal como espiritual, causando doenças. Por isso. o Suwen diz: "Se o desejo é ilimitado. surgem melancolia e distúrbios de qi, a defesa se desintegra e o espírito se vai. Daí a não-recuperação".

Yin e Yang e as Atividades Mentais: O relativo equilíbrio entre o yin e o yang é o fundamento da saúde tanto física como espiritual. O capítulo "Tese de definição da vida e da forma" do Suwen diz: "A pessoa tem uma forma ao nascer, mas não se separa do yin e do yang". O capítulo "Tese sobre a comunicação do qi com o céu" ressalta: 'Caso o rang e o vis estejam equilibrados, o homem tem seu espírito dominado; em caso de separação do yin e do Yang. o qi se esgota". Caso o yin e o yang do corpo humano percam seu equilíbrio relativo, é produzida uma excessiva abundância ou decadência, quando então ocorre a doença. O no jing diz que o indivíduo com yang excessivo manifesta-se maníaco e aquele com yin excessivo, é deprimido.

AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Contato acupunutura para ansiedade(11) 97622-3982
Telefone acupuntura ansiedade(11) 3483-8826

Não aceitamos convênios

Dúvidas Frequentes Sobre Acupuntura para Ansiedade

Qual a diferença da ansiedade na acupuntura e medicina ocidental?

A ansiedade na Medicina Tradicional Chinesa, não equivalem totalmente às da medicina moderna. Têm relações entre si e se diferenciam umas das outras. As doenças mentais a que se refere a Medicina Tradicional Chinesa abrangem quase todos os sintomas dos distúrbios mensais da medicina moderna. Suas diferenças consistem, primeiramente, em uma classificação distinta, pois a psicose pode ser expressa em várias doenças mentais, por exemplo, a neurose, e na medicina tradicional se faz diferenciação e tratamento de sintomas principalmente manifestados, como palpitação e taquicardia, amnésia, insônia, ansiedade e síncope, etc.; em segundo lugar, o campo é diferente pois as doenças mentais na Medicina Tradicional Chinesa.

Quando começou a Acupuntura para Ansiedade?

A acupuntura e a moxabustão nasceram na China. O tratamento de doenças de origem mental como a ansiedade por esses meios tem uma longa história. São incontáveis os casos assim tratados desde os tempos remotos até nossos dias. Segundo o artigo "Biografias de Bian Que e Cang Gong" da obra Registras Históricos, de Sinta Qian, uma vez, Bian Que (401 - 314 a.C.) passou pela capital do reino Guo, e coincidiu que o príncipe desse reino havia perdido a consciência em função de distúrbio do qi e do sangue. Todos acreditavam que havia morrido. Bian Que inseriu a agulha no ponto baihui (VG-20) e pouco tempo depois o príncipe voltou a si. Esse caso foi transmitido e difundido de geração a geração. Em nossos tempos, diante do incessante desenvolvimento da sociedade e da história, o ritmo da vida humana se acelera na mesma medida. Um número de pessoas cada vez maior se encontra, a qualquer momento do dia, em estado tenso e melancólico. Com isso, aumenta o número de pessoas que padecem de neurastenia e esquizofrenia bem como de doenças semelhantes. Muitas pessoas sofrem por não poder dormir ou não dormir bem. Quanto aos que sofrem de esquizofrenia, não só perdem oportunidades de trabalho e promoção, mas também acarretam muitos incômodos para a família e a sociedade. Além disso, os medicamentos agora em uso, por exemplo, sedativos, têm distintos graus de efeitos secundários. Em comparação com esses medicamentos, a acupuntura e a moxabustão possuem particular eficácia, e não provocam efeitos secundários, o que indica suas vantagens. Não obstante, se não usadas de maneira adequada, os resultados não serão satisfatórios.

Pode usar Acupuntura e Moxabustão para ansiedade?

Na atualidade, os acupunturistas preferem na maioria dos casos, usar as agulhas e menosprezar a moxaterapia. Na realidade, a moxaterapia oferece resultado melhor nos casos complicados, de longa duração e de difícil cura. Por exemplo, na insônia crônica, melancolia, ansiedade, depressão, distúrbios mentais maníaco-depressivos e epilepsia, resistentes no tempo, é imprescindível a moxaterapia. O capítulo "Guanneng" de Lingshu assinala: "Os casos não curados com as agulhas, convém tratar com a moxaterapia". Rumen (Introdução à Medicina) também indica "Em toda doença, quando os medicamentos não alcançam a cura.

Se não forme obtidos bons resultados, após a aplicação de 20 a 30 sessões de acupuntura, pode-se coordenar o tratamento com a moxabustão, que pode aumentar a eficácia terapêutica. Como regra geral, ela é feita cum cones numerosos, às vezes 300 a 500, e até mais de mil (quantidade total). Isto se explica porque as baixas quantidades não proporcionam efeitos ideais. Se alguns pacientes não se sentem bem depois da moxabustão, por exemplo, apresentam aumento da temperatura e calor, enjôo, fatiga, ou indisposição geral, não há necessidade da mais mínima dúvida, pois o fenômeno pode ser eliminado mediante a aplicação das agulhas nos pontos quchi (I0-11), dazhui (VG-14), zusanli (E-36), sanyinjiao (BP-6) e fengchi (V B-20), ao mesmo tempo se conseguirá melhor resultado. Os métodos da moxabustão são numerosos, mas para doenças mentais é utilizada, na maioria dos cases, a moxabustão sem cicatrizes com cones.

Como é Realizada a acupuntura para ansiedade?

Acupuntura para Ansiedade é realizada sobre a maca onde são colocadas agulhas sobre pontos específicas do corpo. Pode ser necessário retirar alguma peça de roupa para tratar pontos nas costas, pernas ou abdômen.

Os pontos de Acupuntura para Ansiedade estão situados em todas as áreas do corpo. Às vezes, os pontos apropriados estão muito distantes da área de sua dor. Nossos acupunturistas irão dizer-lhe o tratamento planejado.

Muito importante também dizer que a técnica de agulhamento se dá por meio de agulhas esterilizadas, descartáveis e de espessura menor que agulhas de injeção.

Acupuntura para Ansiedade na Avenida Paulista

Estamos localizados na Avenida paulista, 2073 - Conjunto Nacional - Horsa 01- Sala 1001. Próximo temos o metrô consolação, de fácil acesso.

A acupuntura e medicamentos para acupuntura.

Em alguns casos, a Acupuntura para Ansiedade pode potencializar ainda mais o efeito terapêutico da sua medicação, que por sua vez pode necessitar de uma dose mais baixa. Se a sua dosagem da medicação é sensível, certifique-se de consultar o seu médico para monitorar suas dosagens. Nunca tome ou pare de tomar medicamentos sem a prescrição de seu médico.

Posso misturar outros tratamentos de ansiedade com a Acupuntura?

Sim, é possível associar a acupuntura a outros tratamentos. Fisioterapia, remédios alopáticos, psicoterapia, homeopatia entre outros tratamentos são beneficiados pela associação com a acupuntura, ocorrendo desde a aceleração e a facilitação de processos terapêuticos até a redução das doses dos remédios utilizados.

Continuação do tratamento da Acupuntura para Ansiedade?

Quando o paciente recebe alta é importante fazer uma sessão de acupuntura pelo menos a cada 15 dias, depois espaçar 1 sessão por mês e assim por diante.

O que é a ansiedade na ACUPUNTURA ?

O surgimento, o desenvolvimento e a mudança dos diversos problemas com ansiedade são determinados pela força ou debilidade do qi normal do organismo do paciente e pela natureza do fator patogênico. Se os fatores antipatogênicos vencem os patogênicos, o organismo não é danificado por estes e não aparece a doença.

Quando os fatores patogênicos vencem os antipatogênicos, isso pode causar o desequilíbrio entre yin e yang, distúrbios funcionais dos órgãos e vísceras, ou distúrbio na circulação da energia e do sangue, e disso surgem alterações mentais. Com razão diz o Suwen, nos capfiulos "Método de punção" e "Acerca das doenças febris": "Enquanto os fatores antipatogênicos se guardam no interior, os patogênicos não podem invadir", "caso se deixem acumular os fatores patogênicos, é porque os antipatogênicos estão débeis".

Quantas sessões de acupuntura para ansiedade?

Normalmente começamos com 5 sessões, sendo uma a cada 7 dias. Mas depende muito de quanto tempo vem as crises, se for algo recente é mais simples de tratar, se for algo que já vem a algum tempo é mais demorado.

Tem local para estacionar?

Sim, no próprio prédio do conjunto nacional possúi estacionamento pago, entre outros ao redor.

A acupuntura para Ansiedade e suas recomendações?

O capítulo "Começo e fim' do Lingshu diz: "Os tabus na acupuntura consistem em: Não inserir agulha imediatamente depois do ato sexual, e quem foi tratado com acupuntura não deve fazer amor imediatamente. Não introduzir a agulha no embriagado, e caso se tenha recebido acupuntura, não se deve beber. Não inserir agulha naquele que está furioso, e tendo recebido recentemente a acupuntura não se deve ficar irritado. Não inserir agulha naquele que estiver muito cansado, e tendo-se acabado de receber a acupuntura não se deve realizar, em seguida, trabalhos manuais muito pesados; Não inserir agulha naquele que está farto de comida, e tendo recebido recentemente a acupuntura, não se deve comer até se fartar; não inserir agulha em paciente em jejum, e tendo recebido acupuntura não se deve permanecer faminto; não inserir agulha naquele que tem muita sede, e tendo recebido a acupuntura, não se deve ficar com muita sede.

Depois de passar por um grande susto ou temor, primeiro deve-se acalmar o paciente, e em seguida aplicar-lhe a agulha; o que chega de viagem de carro deve repousar e só depois ser aplicada a acupuntura, após passar do tempo equivalente a urna refeição; o quem vem caminhando deve sentar-se para descansar durante um bom período de tempo, antes de receber a acupuntura. Esses critérios não só demonstram que não se pode aplicar a acupuntura sob determinadas condições, mas também falam de como se cuidar depois de receber a acupuntura.

Ainda que só se refira à acupuntura, convém, além disso, para a aplicação da moxabustão. Naturalmente, não se deve entender de maneira mecânica os tabus mencionados. Em um caso urgente, é preciso ganhar cada minuto e segundo para administrar o tratamento a tempo.

Quanto tempo para a melhora da ansiedade com acupuntura?

Quase todos os pacientes, ao procurar a acupuntura, e aspiram por se recuperar rapidamente do sofrimento. Sempre desejam que uma ou poucas aplicações da acupuntura e a moxaterapia surtam efeitos notáveis. No tocante do problema da ansiedade, como suas origens tem, na maioria dos casos, a ver com fatores emocionais, até mesmo com fatores pré-natais, com a vida cotidiana, muitas delas não se produzem em um ou dois dias. Por isso, não é possível procurar o êxito a curto prazo. É importante a persistência. O tratamento das doenças com a acupuntura e a moxabustão está em reajustar as atividades funcionais do organismo, estimular a capacidade de persistência do próprio paciente. Isso requer um certo tempo e determinadas condições, além de necessitar uma estreita colaboração entre médico e paciente. Por sua vez, o médico deve se preocupar com o doente, dar explicações com paciência durante as recaídas para aumentar no mesmo a fé no êxito e procurar a eficácia terapêutica. Por outro lado, o doente deve confiar no médico, manter-se esperançoso, atuar de acordo com os conselhos do médico e não suspender o tratamento para não ocorrer ineficácia temporal ou reincidência de doença. O fato anteriormente mencionado explica problemas de vários aspectos relativamente importantes no curso do tratamento de doenças mentais com a acupuntura e a moxabustão. Nenhum método terapêutico é todo-poderoso, o mesmo acontece com a acupuntura e a moxabustão. Se houver necessidade, deve-se combiná-las com medicamentos como meios coordenadores. Se o tratamento feito durante um tempo relativamente grande não der resultados satisfatórios, deve ser substituído por outros métodos.

As agulhas de acupuntura são descartáveis?

Sim, as agulhas utilizadas são novas e descartáveis.
Alguns pontos de acupuntura para Ansiedade

C7- Ponto fonte do coração, tonifica o coração, equilibra o Yin e o Yang, estabiliza o coração, clareia a mente, acalma a mente a as emoções, regula o espírito, tonifica o sangue, tonifica o Yin do coração, elimina o fogo.
E36 - Grande liberador de endorfina, fortalece o baço e o estômago para produzirem o QI e sangue, que elimina a umidade, faz subir o Qi, tonifica o sangue e Qi, estabiliza a mente e as emoções, regulariza o Qi defensivo e nutritivo.
E25 - Regula o estresse, regula o Qi.
P7- Ponto Lo, ponto de passagem de energia, explorando a circulação do Qi defensivo, remove a estagnação do pulmão, remove as emoções estagnadas do pulmão, como a tristeza e a mágoa reprimida.
IG4 - ponto fonte do intestino grosso, liberador de endorfina, remove o vento exterior, remove o calor, relaxa a tensão muscular, move estagnação do sangue, acalma a hiperatividade do Yang do fígado, acalma a mente, tonifica o Qi e o sangue.
F3 - Ponto fonte do fígado, move a estagnação do Qi e do Sangue, aclama a hiperatividade do Yang do Fígado, elimina o vento do fígado e reduz os espasmos e dor, tonifica o sangue é acalma o espírito.
Reajuste Psicológico na ansiedade

É sabido que o reajuste psicológico na ansiedade tem um papei muito importante na prática terapêutica, e, todavia, nas doenças mentais é mais imprescindível. Quase todos os desconfortos mentais podem encontrar sua origem no excesso de atividades emocionais, por exemplo, excesso de preocupação, de alegria, de ira, tristeza, medo e terror. etc. Além disso, a prolongada duração de uma doença também pode originar no paciente efeitos desfavoráveis em seu psiquismo. Portanto, um trabalho psicológico consciencioso junto ao paciente, escutando atentamente a narração de sua história, oferecer o consolo imprescindível e estimular ou. às vezes, até lhe fazer uma sugestão, pode elevar muito o efeito terapêutico da acupuntura e da moxabustão.

Acupuntura e a Ansiedade


O surgimento, o desenvolvimento e a mudança do problema da Ansiedade são determinados pela força ou debilidade do qi normal do organismo do paciente e pela natureza do fator patogênico. Se os fatores antipatogênicos vencem os patogênicos, o organismo não é danificado por estes e não aparece a doença. Quando os fatores patogênicos vencem os antipatogênicos, isso pode causar o desequilíbrio entre yin e yang, distúrbios funcionais dos órgãos e vísceras, ou distúrbio na circulação da energia e do sangue, e disso surgem alterações mentais. Com razão diz o Suwen, nos capítulos "Método de punção" e "Acerca das doenças febris": "Enquanto os fatores antipatogênicos se guardam no interior, os patogênicos não podem invadir", "caso se deixem acumular os fatores patogênicos, é porque os antipatogênicos estão débeis".

Fatores que causam Ansiedade na acupuntura


O Fatores Exógenos que podem causar a ansiedade são: o vento, o frio, o calor de verão, a umidade, a secura e o fogo são, normalmente, chamados de seis qi, as alterações climáticas diferentes da natureza. Em termos gerais não produzem doença no homem. Sem dúvida, se a capacidade de resistência do homem diminuir, ou se houver alterações climáticas repentinas e estranhas. às quais o corpo humano não resista, esses seis qi se convertem em fatores patogênicos, que invadem o corpo humano e originam doenças, entre elas, as mentais.

Ao mesmo tempo. devido ao maior ou menor grau de diferença entre yin e vang do corpo humano, e pela diferença dos costumes alimentares, após a imersão, estes seis fatores patogênicos podem produzir mudanças recíprocas no corpo humano.

AGENDE SUA AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA PARA ANSIEDADE, AGORA MESMO!

Fatores Emocionais Endógenos


Os fatores Endógenos na acupuntura para ansiedade são: a alegria, a ira, a ansiedade, a meditação, a tristeza, o medo e o terror são sete fatores emocionais. Suas alterações são o reflexo do corpo humano em relação ao mundo externo, é a manifestação das atividades funcionais dos órgãos e das vísceras do corpo humano, não originam doenças mentais. Mas, uma estimulação repentina, forte e permanente no emocional pode causar distúrbios nas funções dos órgãos e das vísceras, bem como distúrbios na circulação do qi e do sangue, conduzindo a doenças mentais. O capítulo "Exposição de grande importância sobre o ym e yang do Suwen diz: "A ira danifica o fígado", "a alegria prejudica o coração", "a meditação prejudica o baço", ''a tristeza danifica os pulmões", "o temor danifica o rim".

Fatores não Endógenos nem Exógenos


Fazemos referência à insuficiência ou ao excesso alimentar, hem corno excesso no descanso e no trabalho, ferimentos por facas, lesões por quedas ou golpes, danos físicos por sobrepeso, queimaduras pelo foco, vida sexual sem moderação, feridas causadas por insetos ou animais, assim como fatores hereditários e outros fatores não pertencentes aos seis fatores exógenos e nem aos sete endógenos. Estes fatores também podem produzir as disfunções dos órgãos e das vísceras, o desgaste ou paralisação do ai e do sangue, o desequilíbrio entre sio e vage, o que também pode originar doenças mentais. Por exemplo, a anormalidade na alimentação danifica o qi do baço, que perde sua função de transporte e transformação, estagnando assim a fleuma com a umidade, o yang límpido não ascende e tudo isso pode causar sonolência. A falta de moderação na vida sexual despende de forma inadequada, a essência renal, fato que provoca a perda de nutrição do shen, o que pode levar a insónia, a amnésia, ao sobres-salto e a palpitação.

Novas pesquisas na acupuntura comprovam a eficiência das agulhas em um conjunto de enfermidade muito maior do que se imaginava. Seus benefícios se estendem do tratamento de enfermidades como ansiedade, depressão e obesidade a tratamentos de beleza.

O conteúdo do texto "Acupuntura para Ansiedade" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.