R1 Acupuntura

R1 Yongquan Fonte Borbulhante

Yongquan: é o coração do pé". Esse ponto está numa depressão côncava no coração do pé. É o ponto poço jing do meridiano do rim, shao yin do pé. O rim pertence às águas. Esse ponto é o local de onde sai uma fonte de água, justamente como sai a fonte de um poço - por isso se denomina “yongquan".

Textos Selecionados

Ling Shu, Capítulo sobre os Pontos: "Disse o monge eremita Zhang: "Abaixo da terra tem uma fonte de água que o céu criou um dia, por isso o shao yin começou a sair e seu nome é yongquan".

Dificuldades sobre o Fluxo dos Meridianos: "Yongquan é o ponto poço jing do rim, onde é guardada embaixo do rim a genuína energia; é o rim que coordena a água; esse ponto está no coração do pé por isso se chama yongquan".

Explicações Selecionadas sobre a Terminologia dos Pontos: "Yongquan: Yong é o fenômeno do excesso de pulos da água. Qual é a própria água que sai da terra. Esse é o ponto poço jing por onde sai a energia do meridiano do rim, shao yin do pé. Está localizado no centro de uma depressão, no centro da sola do pé. O pé é o local mais inferior do corpo humano, mais próximo da terra. A energia do meridiano sai da posição mais baixa, no pé, e é como uma fonte saindo da terra — por isso tem o nome ``yongquan".

Figura de Bronze: "Esse ponto é usado para tratar lombalgia com dificuldade de evacuar; sensação de calor no precórdio; epilepsia e cãibras; dor precordial e inapetência; mulher que não pode ter filhos; obstrução na faringe acompanhada de febre e tosse; vertigem e sensação de distensão no tórax e nas costelas; impotência sexual masculina; mulher que parece estar grávida; pontas dos dedos doloridas que impede os pés de tocarem o chão".

Registros de Um Historiador, Biografia de Bian Que: "A mãe do falecido rei Ji Bei disse que o pé estava tão quente e doía como se estivesse queimado. Bian Que, seu súdito, disse: 'É causado pelo calor transbordante". Para tirar o calor ele picou no centro do pé três vezes. Não saiu sangue, mas a doença parou'".

A Preservação da Saúde e uma Longa Vida: "Para tratar alguém que se enforcou e já não respira. Para ressuscitar deve-se moxar o ponto yongquan com três cones de moxa; os homens no lado direito e as mulheres no lado esquerdo".


 
 

 

R1 Yongquan - Ponto TING MADEIRA

Livro: Atlas Colorido de Acupuntura
Autor: H. U. Hecker

Anatomia Regional do Ponto
Aponeurose plantar, tendão do músculo flexor curto dos dedos e do segundo músculo lumbrical e, profundamente, nos músculos interósseos.

Vascularização: Vasculatura do arco plantar.

Localização:
Situa-se no meio da planta do pé, entre as articulação metatarsofalángica do segundo e terceiro dedos do pé.

lnervação:
Superficialmente, com o nervo plantar medial (ramo do nervo tibial) e, profundamente. com o segundo nervo digital plantar comum (ramo do nervo plantar medial).

Método:
0,5 a 1,0 cun, inserção perpendicular.

Indicações:
Dores no vértex da cabeça, convulsões, sede, distensão abdominal. diarréia, epilepsia, coma, desmaio. choque, histeria, náuseas e vômitos incoercíveis. insônia, hipertensão arterial. psicose, paralisia de membros inferiores, letargia, sobressaltos.

Funções Energéticas Tradicionais:
* Tonifica o Shen Qi (Rins) e a Essência
* Fortalece o Yin Qi, restaura o colapso do Yang
* Acalma o Shen (Mente)
* Faz a limpeza do Calor Perverso e do Fogo.
* Dissipa a Umidade-Calor

Localização

 

 
 

 

R1 Yongquan - Fonte que Jorra

Livro: Shen Atlas de Acupuntura
Autor: Juergen Bschaden

Indicação:
Dor de cabeça; sensação de febre na planta do pé; visão embaçada; tonturas; dor de garganta; boca seca; perda de voz; disúria; convulsões infantis; perda de consciência; exaustão; timidez; apoplexia; asma; sede; epilepsia; febre; fraqueza dos pés; insolação; tosse; hipertonia; impotência; fraqueza dos joelhos; dor lombar; mania; problemas urinários; suores nocturnos; rigidez do pescoço; sangramento do nariz; prisão de ventre; irritabilidade; rigidez nas costas; insónia; dor na planta dos pés; choque; vertigens; perturbações visuais; aperto de peito; inquietude; má memória; dor de dentes.

Função:
Tonifica o Yin, clarifica o Calor, expulsa o Vento; clarifica o Calor Deficiente; acalma a mente; clarifica o cérebro; restaura a consciência; abre os orifícios; harmoniza o Qi Rebelde; subjuga o Yang do Fígado Hiperactivo e o Fogo do Fígado; reforça o Yin do Coração; restora a harmonia entre o Coração e o Rim; abre os sentidos.

Classificação:
Ponto Madeira: Jing- Ponto Poço; Dispersão — Ponto Filho; Ponto de Entrada

Explicação:
Yong: vaga; jorro. Quan: uma nascente. O ponto é o ponto Jing- Poço do Meridiano, onde o Qi emerge.

Método:
0,5 a 1,0 cun, inserção perpendicular.

Método necessário: Técnica de punctura: 0.3 — 0.5 cun perpendicular.
Moxibustão: 1-3 cones ou 5-10 min

Localização


Localização:
Na planta do pé, na depressão quando o pé está em flexão plantar, na junção onde do terço anterior da planta do pé com os restantes dois terços.

 

 
 

 

R1 Yongquan - Manancial que nasce

Livro: Pontos de acupuntura Guia Ilustrado de Referência
Autor: Ednéa Iara S. Martins e Ernesto G. Garcia

Indicações
Cefaléia do vértice, convulsão infantil, sede, secura na língua, distensão abdominal, diarréia. hipertensão arterial, insônia, perda da consciência, AVC, vertigem, tontura, intermação, patologia mental, ansiedade, histeria, epilepsia, odontalgia, dor de garganta, tosse, espasmos/paralisia de membros inferiores, calor nos pés, letargia, sobressalto, visão borrada, afonia, rouquidão, taquicardia, icterícia, prolapso de útero, hérnia, edema, irnpoténcia, distroa.

Indicações Tradicionais: vertigem, cefaléia de vértice, visão turva, inflamação da garganta, língua seca, epistaxe, dificuldade de micção e de defecação. diarréia, cólica, edema, convulsões infantis, insanidade, calor na planta dos pés, dor na extremidade dos dedos dos pés.

Anatomia: Pele e tecido subcutâneo, ramos plantares mediais e laterais do nervo tibial com fibras do 1º nervo sacral [SI]; aponeurose plantar; ramos dos nervos plantares laterais e mediais; 2° nervo plantar comum dos dedos, 2º artéria e veia metatarsais plantares; 2° músculo lumbrical, ramos plantares do nervo tibial; entre os tendões do músculo flexor longo e curto dos dedos; vasculatura do arco plantar.

Método:
0,5 a 0,8 cun, inserção perpendicular

Sensação
Dor e distensão locais ou irradiadas à articulação do pé.

Precauções
Precaução: utilizá-lo com o paciente deitado para não haver colapso.

Moxabustão : 1 a 3 cones bastão 5 a 10 minutos

Localização


Localização: Na sola do pé, altura correspondente à articulação metatarsofalângica do 2º e 3º dedos dos pés, na depressão localizada a um terço da distância entre a base dos dedos e o calcanhar.

 

 

Localização do Instituto de Acupuntura Aurazen

Nosso Instituto de Acupuntura está localizado na Vila Mariana, escolhendo um bairro residencial com comodidades e lazer de um bairro sofisticado para nosso atendimento de acupuntura, com restaurantes de gastronomia com as melhores comidas de todo o mundo e bares frequentados por estudantes e familiares que moram próximos a suas residências.

Também possui Hospitais, Clínicas de exames completares e por isso focamos nosso atendimento de Acupuntura Vila Mariana.

AGENDE SUA CONSULTA

Contato acupuntura R6(11) 97622-3982
Telefone ponto R6 acupuntura(11) 3483-8826

Não aceitamos convênios
 

Acupuntura Avenida Paulista e Vila Mariana


Unidade Avenida Paulista - Conjunto Nacional
Endereço: Avenida Paulista, 2073 - Conjunto Nacional - Cerqueira César

Unidade Vila Mariana
Endereço: Rua Vergueiro, 3365 - Vila Mariana

Atendimento à Domicílio de Acupuntura


Atendemos à domicílio com acupuntura a Região da Vila Mariana.

E Seguintes Bairros:

Aclimação Vila Clementino
Ana Rosa Praça da Árvore
Paraíso Jardim da Glória
Santa Cruz Chácara Inglesa
Planalto Paulista Mirandópolis
Cerqueira César Higienópolis
Vila Mariana Vila Gumercindo
 

AGENDE SUA CONSULTA DE ACUPUNTURA, AGORA MESMO!

O conteúdo do texto "R1 acupuntura" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.